Debate sobre a criminalização da homofobia é realizado na Unir

Publicado em: 03/06/2019 17:01:44

Debate sobre a criminalização da homofobia é realizado na Unir


No auditório da biblioteca da Unir, campus de Vilhena, o Grupo de Pesquisa e Extensão em Audiovisual do Departamento de Jornalismo (Dejor), promoveu um debate sobre a criminalização da homofobia, com a participação do Ministério Público Federal (MPF). Com a direção de Caio Cavechini e Carlos Juliano Barros, a programação iniciou com a exibição do documentário "Entre os homens de bem", que acompanharam durante três anos os passos do deputado Jean Wyllys como porta-voz da causa LGBT no Congresso.

Após a exibição, aconteceu o debate sobre a criminalização da homofobia com o procurador da República em Vilhena, Lucas Costa Almeida Dias, que também é membro da Comissão Especial de Equidade de Gênero e Raça do MPF em Rondônia, e com o professor do Dejor, Thales Pimenta.

Para o procurador da República, esse debate é de extrema importancia para a comunidade. "A ideia é que comunicar é empoderar. Então, o objetivo é transmitir informações para a sociedade civil, a sociedade acadêmica, e que as pessoas sejam formadoras de opniões com dados concretos". Realizado no dia 29 de maio, o evento foi gratuito e aberto ao público.

FOTOS

Fonte: UNIR