Estudantes da UNIR ganham principal prêmio regional de jornalismo

Publicado em: 01/07/2019 15:27:55

Estudantes da UNIR ganham principal prêmio regional de jornalismo


O curso de Jornalismo da UNIR inscreveu três trabalhos na edição regional do Expocom e se sagrou vencedor em todas elas, na última quarta-feira (26/06). O evento aconteceu na Universidade Federal do Amazonas, na cidade de Parintins. O Expocom é, atualmente, o principal concurso de produção prática jornalística no Brasil destinado aos estudantes e recém-egressos dos cursos de Comunicação. 

Os estudantes Mileide Queiroz e Rauã Araújo venceram com trabalhos desenvolvidos em disciplinas do curso, respectivamente, nas modalidades de Produção de Jornalismo Digital e de Produção Laboratorial em Telejornalismo. Já a recém-formada Maria Victória Silva ganhou com seu trabalho de TCC defendido no ano passado, na categoria de Livro-Reportagem.

Esse não é o primeiro prêmio da jornalista Maria Victória no Expocom Norte, que ganhou como melhor Charge em 2017. A produção deste ano era especial não apenas pela qualidade dos concorrentes, mas também por representar a sua história e a do bairro Cristo Rio, muito estigmatizado na cidade. “O livro-reportagem Dias de Maria. Memórias do Cristo Rei foi feito com o objetivo de dar voz aos moradores do bairro. Eles falaram tão alto que chegamos à Parintins, e vamos representar a região Norte no congresso Nacional. Levo o prêmio para Vilhena com muita alegria e orgulho de ser filha do bairro Cristo Rei”, contou.

Concorrer pela primeira vez a um prêmio e ganhá-lo não é tarefa fácil. O estudante Rauã Araújo vivenciou essa experiência com o telejornal UNIR Notícias e se diz satisfeito pelo reconhecimento do trabalho, principalmente por causa da distância do evento. “Foi muito difícil chegar em Parintins, enfrentamos mutias horas de ônibus, avião e barco”, disse. O olhar agora é para o futuro, para o prêmio nacional, com a esperança não apenas de ganhá-lo, mas de representar bem a região. “O objetivo agora é defender o nosso trabalho, defender a UNIR, defender a Amazônia na etapa nacional, para o todo o Brasil”, completou.

Os vencedores vão competir na etapa final contra os trabalhos premiados das outras regiões do país, no evento nacional que ocorre em setembro, na Universidade Federal do Pará, em Belém. O curso de Jornalismo da UNIR já havia vencido a etapa regional em outras ocasiões, mas em 2019 vai para o Expocom Nacional com chance triplicada.

Para a concluinte do curso, Mileide Queiroz, conseguir essa premiação próximo ao ingresso no mercado de trabalho é importante para o seu currículo profissional. “Isso me dá a sensação de finalizar o curso de Jornalismo com chave de ouro”, comentou. O reconhecimento fez a estudante perceber como eles estão no mesmo nível de ensino das outras faculdades de jornalismo da região e do país, apesar das dificuldades estruturais cotidianas.

Segundo o professor Allysson Martins, que orientou dois trabalhos vencedores, derivados de TCC e de disciplina, há uma diferença na elaboração dos dois porque, no primeiro, o estudante está mais maduro. “Na disciplina, os alunos estão experimentado pela primeira vez, além de as agendas não coincidirem, pois o fazer jornalístico não se restringe à sala de aula. Como o produto vencedor era sobre o nascer do sol em Vilhena, exigiu muito trabalho na madrugada”. De acordo com o professor, a vitória se torna mais relevante por causa da situação dos laboratórios, com aproximadamente duas filmadoras e seis computadores para 40 alunos. “Os estudantes merecem todo o destaque porque se dedicaram muito com o pouco que possuímos”, revelou.

A professora Maíra Bittencourt, que orientou o produto vencedor em telejornalismo, e enfatizou a importância da TV UNIR, que articula extensão e ensino, para a formação dos estudantes. “Enquanto professora fico orgulhosa do trabalho que estamos realizando aqui na UNIR. A cada ano as produções dos nossos estudantes estão melhores, prova disso é esse reconhecimento”.

 

Fonte: DEJOR/UNIR